Quarta-feira, 7 de Março de 2007

A minha primeira saída nocturna este ano lectivo… até que enfim!

São 5h da madrugada. Nem mais um minuto. Acabei de chegar da night. Ontem foi 3ª feira, o que significa que era uma noite prometedora em Coimbra. Se a noite prometia, quem era eu para não ir em busca do prometido? (fosse lá o que fosse!). Nem pensar que ficaria em casa a ouvir James Blunt e a carpir mágoas! Apesar de estar neste momento a ouvi-lo, sujeita a exteriorizar toda a vodka que consumi, caso me comece a dar para a choradeira estúpida... O que espero que não aconteça, porque não pretendo que o rumo deste texto se desvie do seu destino (seja ele qual for) e porque pretendo publicar tim-tim por tim-tim o que estou a escrever (se conseguir entender esta caligrafia de merda... Sfodam o álcool!). Nem de propósito… o cabrão do James está a cantar “You’re Beautiful” (é porque devo ser!...) e a dizer “(...) but i can’t escape the truth... i will never be with you”... para quê insistir? Um dia destes conto-vos de um concerto deste menino que fui ver no verão passado e gostei imenso... e pronto, já estou a chorar feita estúpida! É a primeira vez que o faço desde o desenlace (caralhos fodam o álcool!). Chega! Não vou carpir mágoas e mentiras! Está decidido e por muito que me custe não o pretendo fazer! (a música mudou... ainda bem!).

Bem, vamos ao que interessa! Há algumas horas atrás, por volta das 00h30m resolvi sair com a Su para abanar o esqueleto e tratar das iscas! Foi a primeira vez que o fiz este ano lectivo, o que significa que já vou com uma série de meses em atraso. Quem me viu e quem me vê! Eu sei... shame on me!!! De qualquer forma, ou foi impressão minha, ou me pareceu que tudo se estava a compor novamente.

Mas que caralho! Agora começou “Goodbye my lover”... Acho que vou mesmo ter de carpir um pouco antes de continuar...

É fodido! Apostei tanto em algo que se desvaneceu em mentiras... Quantas? Não faço ideia! Afinal as meias verdades e omissões estratégicas eram uma realidade... Danni, que interessa isso agora? Nada, certo? Pois, mas as putas das lágrimas teimam em cair! “I know you well. I know your smell”... Quem sabe, um dia... “You have been the one for me”... e ali estou a segurar um isqueiro levado a pensar em mim. Que saudades desse tempo! “I’m so hollow, babe”... é tudo o que resta.

A música acabou. Chega de fazer figura de parva a chorar baba e ranho! Chega de choradeira parva! Tenho 29 anos, certo? Certo! É a minha primeira desilusão? Não! Pode saber a novidade para a qual nunca estou preparada, mas não o é! Quem me manda ser tão emotiva e introspectiva? Depois dá nestas merdas de choradinho idiota. Confesso que a batida tardia da vodka também está a ajudar à festa! Deixem-me respirar fundo e procurar o espírito cáustico de que necessito neste momento. Siga a narrativa!

A noite começou na AAC, por uma questão prática (necessidade de levantar capital). Estava lá metade do meu Harém. Foi bom rever o pessoal e sentir-me de novo no espírito da coisa, apesar de esta noite ter como objectivo principal manter-me longe dos meus pensamentos automáticos. Rumamos depois para o Insónias, onde aproveitei para dar umas trincas numa tosta mista. O jantar mal tinha entrado e a 2ª metade da tosta foi pelo mesmo caminho. De qualquer forma, tinha mesmo de ter algo no estômago... digamos que já estava a prever posterior entrada de substâncias etílicas. Hoje tinha mesmo de ser! Apetecia-me. Não apanhar a xiba. Apenas toldar-me um pouco a mente. Basicamente, queria descorticalizar um pouco. Estava a meio da minha mini quando um pito, armado em bonzão me diz que dividia o shot dele comigo. Dividir? Só podia estar a brincar, o raio do pito! Informei logo que sob nenhum pretexto bebo shots pela metade . Logo eu! Posso beber dois de tacada, mas só meio nem vale o esforço do levantamento do copo! O pito, achando que ainda não tinha dado barraca suficiente, pergunta se eu estava a tirar o curso na Miguel Torga... nunca tive tanto orgulho em responder “Claro que não!!!”. U.C. RULES e mai nada!!! ;)

O grosso da noite passou-se no Procura-me Bar (estaria eu à espera de lá me encontrar?). Ouvi músicas velhinhas que me fizeram sentir bem... se não era isso, então deve ter sido o Eristoff Black e a vodka limão que lá bebi (acho que bebi mais qualquer coisa, mas a esta hora a memória não ajuda nadinha... pois, a memória! Eheheh)

Poiso final: AAC novamente. Ainda lá estava o meu meio harém. O bêbado do Mugas tinha rebentado o fecho das calças e foi ao Pólo de propósito trocar... como se fosse ter mais engates à conta daquilo. Ainda para mais que nem se notava! Eheheh. Cromo! A música estava fixe e a cerveja também. Quase às 5 da matina, achamos ser uma boa hora para ir ao Noites Longas (leia-se: EU queria lá ir), mas optamos por voltar para casa.

Com toda esta conversa, já o meu leitor MP3 deixou de passar James Blunt para passar Juanes. As lembranças continuam. Um dia destes conto-vos de um outro concerto no verão passado. Mais um para o meu baú de memórias.

Nota importante da noite: Descobri que o Procura-me Bar funciona como zona tampão de baixa alcoolémia, porque só quando de lá saí é que a vodka começou a bater... mas foi cá uma traulitada! Brutal! Eheheh.

Inspirando-me nos G'NR e nessa 'ganda' malha que é "Get in the Ring", gostaria de dizer que este post apenas foi possível graças a todos os utilizadores de 5 estrelas, ou VIP se assim preferirem...porque só é VIP quem daí obtenha proveitos. Am i right?

Aproveito para informar todos aqueles que gostam de mim e se preocupam comigo que o FDP do meu mundo cor-de-rosa foi ontem destruído por uma avalanche de mentiras. Está dado oficialmente como morto. Talvez assim se explique que eu tenha andado todo o dia vestida de preto.

Não tenho certezas de nada neste momento, mas também não preciso delas nem as quero! O meu nariz voltou a ser o meu ponto final [e continuo a acreditar na utopia de encontrar alguém que me aceite tal como sou]. No fundo, é o que todos procuramos... mas não quero encontrar já essa pessoa. [Preciso de estar com a mente limpa, para que possa acontecer algo verdadeiro].

São 6 da manha. começo a sentir que a inspiração está a desaparecer de forma directamente proporcional ao retorno ao estado sóbrio. Acho que vou mictar o resto da vodka e vou dormir.

Jinhos com sabor a Tequilla BumBum ;)

Danni, (almost) back on track
publicado por Danni às 16:37
link do post | Vá, diz qualquer coisinha! | favorito
8 comentários:
De Danni a 12 de Março de 2007 às 18:34
P: Estou a precisar de tanta coisa. Disso ainda não... e quando precisar... JÁ TENHO!!!
De Danni a 12 de Março de 2007 às 18:15
ROSA: As mentiras não tem qq justificação ou desculpa... Quanto à noite... tenho de sair contigo uma destas! ;) Jinhos
De p a 11 de Março de 2007 às 02:07
estás é a precisar de um bom caralho...
De rosa a 10 de Março de 2007 às 14:33
qd as mentiras, n comento pq n vale a pena encher-te de reconfortos. só tu sabes o que sentes e só tu vais mudar, com a ajuda do tempo. that's all.

quanto à noite, epa... :P n ha palavras!
De Danni a 8 de Março de 2007 às 15:16
SAM: Tu não fales mal das músicas do James Blunt, pq eu até gosto bastante delas e trazem-me excelentes recordações! Confesso que este texto estava todo codificado. Alem de contar como foi a noite, quis também deixar impregnados uma série de pormenores que pretendi que fizessem parte deste texto. Et voila o resultado! Agora ando a pé... dificilmente me voltam a apanhar na paragem do autocarro! Jinhos doidão!!! (e nada de rimas! eheheh)
De Danni a 8 de Março de 2007 às 14:57
LÚCIA: Fodido, sem dúvida! As memórias não param de se fazer presentes! Tudo me deixa de lagrimas nos olhos... pareço uma tontinha a choramingar pelos cantos. Vê lá que nesta saída que aqui conto tive de me controlar uma série de vezes. Qq música me fazia lembrar algo do que lá vai... tudo me faz doer cá dentro e ruir um pouco mais. O meu mundinho terá de ser reconstruido noutra cor e com outras bases, sem dúvida... e de preferência sem parede mestra. Não sei bem pq, mas sem essa parede! Jinhos miga!
De sam a 8 de Março de 2007 às 13:56
"Nem pensar que ficaria em casa a ouvir James Blunt e a carpir mágoas!" PARTI A PICHA A RIR!!
Esse gaijo é mesmo lamechas pá...aposto que passou a infancia toda a levar porrada no recreio!!!lolololololo

Gostei da posta pá
Já disse que parti a picha a rir???
lololo0loloolol

sorry pelo Rigor Mortis...mas olha badabim badabum a vida continua e depois de um autocarro vem sempre outro...e olha ás vezes até podes mandar sorte e em vez de um autocarro urbano ( sim aqueles que vais de pé, tens de te agarrar a uma argola, com bancos de plástico ) pode aparecer um autopullman de luxo, com salão, bar e casa de banho ;-)com jacuzzi!!
lolololol

beijo grande DOIDONA ( apetecia-me fazer a obvia rima mas ficava mal!!! lololol )
De Lcia a 8 de Março de 2007 às 08:47
O Amor é fodido... toda a gente o diz, acho que todos já sentimos isso na pele!! Anyway, miga, espero que o teu mundo volte a compor-se... se não for cor-de-rosa, dá-lhe outra cor, alternativa!! Força nisso!! Ah, quanto às músicas e às memórias... não deixes de as ouvir... é pior deixar de as ouvir e um dia destes seres apanhada de suspresa com uma na rádio... dói muito mais!! Beijo

Vá, diz qualquer coisinha!

:.Queres falar com a gaja?

danni_mrls@hotmail.com

:.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31

:.Afinal quem é a gaja?

:.Últimos devaneios

:. Último episódio

:. Just think about it!

:. Portugal 3 - Hungria 0

:. Um abracinho

:. A euromilhas de distância

:. Dia de S. Nunca

:. A pedido de...

:. O fiel jardineiro

:. Pau que nasce torto...

:. There's no need to argue....

:.Já lá vai o tempo

:.tags

:. todas as tags

:.Outros vôos por onde me perco

:.Rapidinhas


:.De que andas à procura?