Quarta-feira, 14 de Fevereiro de 2007

Apetecia-me...

Hoje apetecia-me uma serenata... não por ser o dia que é, porque nada me diz, mas pela magia que hoje senti ao caminhar pelas ruas da minha mui amada Coimbra. Hoje respirava-se amor e romance por todos os recantos desta cidade...
...E isto, meus queridos amigos, transcende muito a ideia comercial que tenho deste dia!

Eu não notei qualquer diferença em mim hoje, porque os meus dias e o meu coração têm sido preenchidos com amor e hoje não foi diferente... mas disso falarei outro dia, com a devida inspiração que merece tudo aquilo que sinto, por quem sinto. Porque para mim amor e romance não têm dia marcado no calendário... não no meu!

E sim, esta noite apetecia-me uma serenata sob a minha janela. Ouvir uma voz melodiosa e guitarras afinadas, sem esquecer a capa e batina. imprescindíveis numa serenata a preceito. Apetecia-me sentir toda a mística que esta cidade tem, me transmite todos os dias e faz com que seja tão complicado ponderar sequer a hipótese de um dia a deixar...

O meu texto deste dia sem nexo sentimental para mim, mas com toda a carga de romance com que o carregam, vai novamente para a cidade que me adoptou quando a vida me fez sentir desamparada e sem referências que me fizessem querer fixar o coração.

Coimbra dos doutores e dos amores que nunca antes vivi... a fonte dos meus amores és tu!

Danni
publicado por Danni às 21:39
link do post | Vá, diz qualquer coisinha! | favorito
14 comentários:
De Danni a 20 de Fevereiro de 2007 às 23:16
ARAGANA: A serenata coimbrã é mítica... É verdade, dia 14 já lá vai. Brevemente actualizo! Jinhos
De Aragana a 19 de Fevereiro de 2007 às 12:11
Olá. Obrigado pela visita. Também gosto da serenata coimbreira.

Bjus

PS - Mas o dia 14 já la vai
De Danni a 16 de Fevereiro de 2007 às 17:17
LÚCIA: Prepara-te... é no início de Maio!!! Olha que depois não quero desculpas! ;) Jinhos
De Danni a 16 de Fevereiro de 2007 às 17:16
DONA URRACA: Não podemos generalizar. É verdade que alcoolemia é estado que abunda nessas festas, mas não me parece que seja tão dos tempos modernos quanto isso. Mas concordo que se está a chegar a níveis excessivos. De qualquer forma convém não dramatizar. No fundo, vocês os "antigos", também têm uma palavrinha a dizer aos mais novos... não se esqueçam de que continuam a fazer parte desta grande familia que é a Academia Coimbrã! Pensem lá nisso, que esta catraiada está bem a precisar de voltar às tradições que pouco a pouco se perdem... Dá-me pena ver que se dá mais valor ao Fado de Coimbra fora de Coimbra e que este pessoal agora não sabe ouvir nem respeitar quem quer ouvir. Com isto quero referir-me à Serenata de início da Latada e à Serenata Monumental. É impossível, com tanta malta que não sabe respeitar! Ainda nesta última Latada tive de lembrar uns quantos "artistas", que estavam em amena cavaqueira e galhofa, de que ninguém os obrigava a estar ali e se ali estavam convinha que respeitassem as tradições da academia e das pessoas que ali se tinham reunido para ouvir o Fado de Coimbra. Já agora, Dona Urraca... para quando um convite para ir a Lisboa à Associação dos Antigos Estudantes de Coimbra ouvir um Fado de Coimbra? Prometo que vou de Capa e Batina (só tenho de mandar alargar a minha saia... por motivos de largura óbvios)! Jinhos e continue a visitar este cantinho... é sempre bemvinda!
De Lcia a 16 de Fevereiro de 2007 às 15:51
Hummm... essa altura parece-me bem!! Já tenho saudades de ir a uma Queima!! LOL

Jokas
De donaurraca a 15 de Fevereiro de 2007 às 19:08
Coimbra da minha juventude,quantas serenatas lá ouvi...Deixei-a,vagueei pelo mundo fora,mas sempre que lá vou sinto a nostalgia desses tempos,embora agora as moças andem a cair de bêbadas,na Queima,como os rapazes...Onde está o vosso romantismo???Mas cá longe e numa associação que talvez nem saibam que existe,mas existe e que se chama Associação dos Antigos Estudantes de Coimbra em Lisboa ainda se canta e ouve o fado de Coimbra com uita saudade.
De Danni a 15 de Fevereiro de 2007 às 18:49
SAM: LOLOLOL. Eu ontem a única prenda que dei foi à DGV... isto das multas da-me cabo do orçamento! Ah e a Volkswagen queria oferecer-me um fim-de-semana romantico mas parece q a sorte nao ta comigo... lol. Não houve jantar, nem queca, nem flores, nada!!! LOLOL. Jinhos doidão!
De Danni a 15 de Fevereiro de 2007 às 18:41
ROSA: Não venho assim tão de fora e quase que posso dizer que sou de cá... e confesso que, antes de entrar na UC, me "perdia" constantemente para os lados de Aveiro e dizia gostar mais... pensava eu! A minha vida deu imensas voltas que eu nunca imaginei e amo Coimbra porque constitui o concretizar de um velho sonho: o curso que sempre quis numa universidade secular e com tradição (cada vez mais em declinio, é bem verdade, mas a culpa ai já é nossa - dos que cá andamos - por nada fazer para contrariar isto). Citando-me "a cidade que me adoptou quando a vida me fez sentir desamparada e sem referências que me fizessem querer fixar o coração"... e é precisamente tudo o que sinto e tudo o que significa para mim estar aqui neste momento, que torna tão difícil ponderar ir embora antes de ser o real momento. Jinhos (P.S.: como tens andado?? Não voltaste a actualizar e achei no teu último post q andavas em baixo? andas?)
De Danni a 15 de Fevereiro de 2007 às 18:33
LÚCIA: De facto, é o conjunto que nos toca... os meninos trajados (fica-lhes sempre bem), a música, as letras, o momento em si torna-se mágico e fica na nossa memória... e sim, mesmo de pijama e com cara de sono, deve saber bem uma serenata. Está decidido! tens de cá vir! Queima... parece-te boa altura? lol. Jinhos
De Danni a 15 de Fevereiro de 2007 às 18:26
PATRICK: Uma vez mais, sem palavras e com aquele sorriso que bem conheces... Tens sabido aprimorar o que de melhor há em mim e tem sido tudo muito natural. Sendo como és apercebo-me de que não podia ser de outra forma... eu própria não conseguiria reagir de outra forma. Gosto de saber que me vês como o teu jardim privado e sei que tudo farás para que continuemos a ser felizes... porque pensamos da mesma forma... porque nos nossos calendários as demonstrações de amor são todos os dias... e porque não deixamos para amanhã para dizer ao outro quanto o amamos. Cuidar todos os dias, como bem dizes. E sabes, amor, não precisas de cantar... basta-me olhar nos teus olhos para perceber tudo...

Vá, diz qualquer coisinha!

:.Queres falar com a gaja?

danni_mrls@hotmail.com

:.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31

:.Afinal quem é a gaja?

:.Últimos devaneios

:. Último episódio

:. Just think about it!

:. Portugal 3 - Hungria 0

:. Um abracinho

:. A euromilhas de distância

:. Dia de S. Nunca

:. A pedido de...

:. O fiel jardineiro

:. Pau que nasce torto...

:. There's no need to argue....

:.Já lá vai o tempo

:.tags

:. todas as tags

:.Outros vôos por onde me perco

:.Rapidinhas


:.De que andas à procura?