Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2007

Parabéns papá babado!

Já ando há algum tempo para escrever um post sobre ti. Nem sei bem por onde começar, tal é o turbilhão de palavras que quero dizer...

Como falar de ti e de tudo o que representaste para mim numa fase crucial da minha vida? É difícil conseguir dizer tudo...

Numa fase bastante conturbada das nossas vidas, o acaso (ou algo semelhante) trouxe-te a este meu cantinho perdido na blogosfera. Identificaste-te com o meu desânimo e eu com o teu. Houve empatia imediata logo na primeira conversa no msn. Apesar de tudo, tinhamos tanto em comum...

Lembro-me perfeitamente da primeira mms que me enviaste. Estava no anfiteatro da faculdade (a ter uma aula que agora não me lembro qual...) e tu à procura de estacionamento em Fátima... "então não te esqueças de me trazer uma lembrança daquelas que dizem 'em Fátima rezei por ti' "... foi o suficiente para te desmanchares a rir de boca cheia! Lol.

Passamos a ser confidentes um do outro. Começamos a conhecer-nos melhor e a consolidar o muito que havia em comum. Sms a toda hora (as 1500 sms que a Vodafone dava de borla tinham de ser gastas... nem que para isso estivessemos a enviar até altas horas da matina, que era quando chegavas da bela vida boémia... e que saudades tenho eu da minha...), msn quase todos os dias (ainda estou para perceber onde estão as parecenças com a Helen Hunt), até que finalmente nos conhecemos pessoalmente. Dois loucos a vadiar em Coimbra... Confessa, fui uma guia do caraças! Quem me visse ali perdida nas ruelas da baixa jamais acreditaria que estava em Coimbra havia já 4 meses! lol ;)

Ninguém melhor que tu soube como estava a ser o meu evoluir e voltar à superfície, depois da minha fase negra. Lembraste de te ter ligado às 5 da manhã na véspera de carnaval apenas porque precisava de falar? Tanto do que me disseste fez sentido, naquele momento e agora.

Eras o meu confidente, sem dúvida...

Lembraste de me teres dito que, inconscientemente, te tinha ajudado a procurar o caminho da felicidade? Hoje sinto o mesmo... sem o saberes, fizeste-me ver que ainda poderia valer a pena, que ainda havia quem me merecesse, que ainda seria feliz... que ainda o merecia ser...

Amigo, sofri com o teu sofrimento e fiquei feliz com a tua felicidade...

Partilhei contigo o teu sofrimento por marcas do passado que teimavam em se fazerem presentes contra a tua vontade... a tua felicidade quando encontraste a mulher da tua vida... como se tivesse eu própria encontrado o amor, apesar de saber que não o procurava nem o queria naquele momento... fiquei feliz quando soube que ias ser papá (e teve de ser a tua esposa a contar-me, porque tu já me estavas a deixar em suspense há bués... mas diz lá se não acertei à primeira, quando me disseste que tinhas algo para me contar... ah, pois é... lol)... e muito feliz fiquei agora que já nasceu o vosso bebé! Ao falar contigo dá para notar até que ponto és um papá babado... hajam babetes suficientes aí em Villas!!! ;)

Mereces ser muito feliz, meu amigo. Sei que és um lutador e tudo farás para manter a felicidade... é assim que deve ser! Sei que continuarás a ser um excelente companheiro para a tua esposa e desempenharás muito bem o teu novo papel e serás também um excelente pai. (Já agora, boa sorte no curso intensivo de mudança de fraldas! Tem de ser! Dessa não tens como te safar! Eheheh!)

Obrigada pelo momento que foi o nosso partilhar de confidências e de emoções. Como um dia alguém me disse " o lugar que ocupas no meu coração ainda não está bem definido,mas és sem duvida especial,e pra mim basta!"... eu senti o mesmo, mas não estava preparada para mais e a razão falou mais alto. Nunca o disse. Fiz da prudência e silêncio os meus aliados (e esse alguém sabe... porque percebeu que eu tinha lido nas entrelinhas).

Fica com a certeza de que terás sempre um cantinho no meu coração... Um grande beijinho e aquele abraço eterno da Sé Velha...


Flor d'Entulho

****************************
P.S.: De que era o incenso? Definitivamente um aroma magnífico... Ainda hoje ando à procura dessa essência e não encontro...

P.S. 2: Brevemente encontramo-nos no msn para conhecer a pequerrucha!

P.S. 3: Foi bom recordar... sobretudo as sms de apoio enquanto estava no part-time... eheheh
publicado por Danni às 19:40
link do post | Vá, diz qualquer coisinha! | favorito
13 comentários:
De Danni a 23 de Janeiro de 2007 às 18:33
ELSITA: Alo lindinha! Sim, foi muito bom recordar. Muito bom mesmo! Já me mandou fotos da pequerrucha... um doce! E ele e a esposa com ela... não sei qual dos dois precisa mais do babete! lol. Merece ser feliz, sem dúvida! Quanto a mim, assim que acabem os exames prometo regressar ao estilo boémio! (Tem de ser... lol) ;) Jinhos
De Elsita a 23 de Janeiro de 2007 às 18:20
Dannizinha!Lindooooooo! Coisas boas para recordar ... e um filho ... é algo indescritível !!!Continua a portar-te assim a teu jeito!!!!!!!!Bejókinhas
De Danni a 23 de Janeiro de 2007 às 17:53
ROSA: Thanx pela dica. Lá irei! Estou mesmo desejosa de ter umas aulitas e libertar stress. São ritmos sensuais e contagiantes... devo ter um post sobre isso algures em agosto (the 69 post). Jinhos
De Danni a 23 de Janeiro de 2007 às 17:49
SAM: Merci (apesar de esta não ser a minha história de amor e sim a de um amigo... mas como estavas a referir-te a mim, thanx anyway!) ;) Então e tu? Nada na manga para contar? Se há coisa de que nunca te li post foi sobre amores... vá, conta tudo à malta que a malta quer saber! Jinhos doidao!
De Danni a 23 de Janeiro de 2007 às 17:46
SHOOTINGSTAR: É verdade... e esta, felizmenté, é uma dessas histórias. Ele tb já sofreu por amor (e não foi pouco - apesar de todos nós termos os nossos desgostos a pesar-nos no curriculo. Bem merece ser feliz agora... e nós também! Porque as histórias de amor como sempre sonhamos não acontecem só aos outros e podem mesmo vir a ser uma realidade na nossa vida(trust me... q ainda ando nas núvens!). Jinhos linda
De Danni a 23 de Janeiro de 2007 às 17:18
ROSA: Ainda mais babado?! Desde que a formiguinha atómica nasceu, ele transformou-se num produtor de baba como nunca se viu! Nem eu qdo durmo consigo fazer melhor! ;) Thanx pela solidariedade... realmente as ruas da baixa dão cabo do que ainda resta do meu GPS (apesar de ele nunca ter funcionado convenientemente... mas agora acho q já passou o periodo da garantia... nada a fazer, portanto! lol). >Jinhos
De Danni a 23 de Janeiro de 2007 às 16:28
INDRHA: A distância é cada vez maior... mas a amizade continua. Mais que um adeus, um "estou aqui se precisares..." Um blog? Alinho... mas por vezes sou tão baldas a escrever... ;)
De Danni a 23 de Janeiro de 2007 às 16:24
P/ TODOS: Foi um post muito sentido e já há algum tempo que o queria escrever. Agora pareceu-me o momento certo. Sabem aquelas pessoas em quem nos apoiamos quando tudo à nossa volta parece desabar? Durante breves meses foi ele essa pessoa. Fomos confidentes de alegrias e tristezas numa altura conturbada da vida de ambos. Sem dúvida teve uma importância muito grande na forma como se desenrolou a minha vida durante aqueles meses e na manutenção da minha sanidade mental. Por isso tem um cantinho no meu coração. Não pelo presente, uma vez que estamos mais distantes, mas pelo que representou num passado que me marcou...
De rosa a 22 de Janeiro de 2007 às 20:14
ha varios sitios. ha o sabor latino que da no aof e no uniao (se quiseres informar vai ao uniao numa segunda a partir das 22h e falas com o rui bandeirinha, que foi meu prof por muito tempo).
ha a fame academy que nao sei onde fica, mas pelo nome tambem la chegas. sei que ha mais mas sinceramente nao te aconselho ;)
De Sam a 22 de Janeiro de 2007 às 13:53
Aiiii quer bonito é o amor:
Deixo-te com as palavras que um dia um poeta me disse, a mim e a quem me acompanhava ( só espero que tenhas mais sorte que eu )

" Ahhh L'amour, bonne Chance ! "

Beijo e abraço Libertário!

Vá, diz qualquer coisinha!

:.Queres falar com a gaja?

danni_mrls@hotmail.com

:.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31

:.Afinal quem é a gaja?

:.Últimos devaneios

:. Último episódio

:. Just think about it!

:. Portugal 3 - Hungria 0

:. Um abracinho

:. A euromilhas de distância

:. Dia de S. Nunca

:. A pedido de...

:. O fiel jardineiro

:. Pau que nasce torto...

:. There's no need to argue....

:.Já lá vai o tempo

:.tags

:. todas as tags

:.Outros vôos por onde me perco

:.Rapidinhas


:.De que andas à procura?