Quinta-feira, 17 de Agosto de 2006

Um desabafo, nada mais...

Uma angústia inexplicável, um aperto no peito, um nó na garganta... foi o que senti em diversos momentos da nossa conversa de ontem. Já me desabituei de ouvir todos esses sentimentos contados na primeira pessoa através de frases bonitas. Foi a primeira coisa a que fiquei imune quando construí um muro de segurança à minha volta.

No fundo, nunca pensei que ainda pudesse despertar esse tipo de sentimentos em alguém... e não quero! É bom demais para ser verdade e a vida já me ensinou que o que me faz feliz só existe no meu mundo cor-de-rosa, porque na vida real é tudo muito efémero e rapidamente se esfuma e desvanece. Definitivamente, ainda não estou preparada para lidar com isso. Não quero novamente abrir portas à mágoa que fica no fim...

A amizade verdadeira e desinteressada tem tanto de belo como de raro, por isso a prezo tanto e não pretendo abdicar dela por nada. É o que de melhor tenho para te dar. Todos os pormenores bons que me atribuis enquanto amiga, não os tenho como algo mais... acredita!

Deixa-me continuar a ser a amiga que tenho sido para ti e tenta tu também ver em mim nada mais do que isso, para não criares ilusões que poderão nunca se concretizar. Eu não estou preparada para ser mais do que o que sou neste momento. Talvez não volte a estar preparada, por isso não quero, nem devo, dar-te esperanças. Não é justo ficar-se suspenso no tempo... e não é isso o que quero para ti! Mereces ser muito feliz.

Um grande beijinho
Danni
publicado por Danni às 11:57
link do post | Vá, diz qualquer coisinha! | favorito
8 comentários:
De Karlytus a 31 de Agosto de 2006 às 17:53
N q tenha algo a ver com isto.. mas gostava de dizer q te compreendo muito bem.. infelizmente.. ou talvez nao.. apesar de ser rapaz.. hehe

Fico á espera das cenas dos proximos capitulos.. ;)
De Doidona a 27 de Agosto de 2006 às 12:39
Fazes bem Danni.
Eu também ando assim.
O rapaz só tem de compreender.
É rapaz, não é?
Lol
De patrick a 22 de Agosto de 2006 às 17:17
O meu único comentário é...não tenhas medo de ser feliz. bjsss
De Squeezy a 21 de Agosto de 2006 às 11:14
estando eu completa\te "out" de toda a situação penso que ninguem melhor do que tu para avaliar a msm, no entanto a frase que o Hugo Lopes, nos trouxe dá que pensar....
De Hugo Lopes a 20 de Agosto de 2006 às 00:53
Li hoje uma frase que é capaz de te dar um certo jeito, ou pelo menos fazer pensar...
"Quantas coisas perdemos por medo de perder.". Bjs
De shootingstar a 20 de Agosto de 2006 às 00:36
Eu compreendo mesmo muito bem esse teu medo, acredita. Eu também fujo sempre com muito medo de me magoar, mas depois de ler o que o teu amigo escreveu... acho que também sentes algo e não deves ter medo disso. Acho também que temos de ir arriscando pois um dia chega a nossa vez de sermos felizes. Conhece-o melhor e depois.. quem sabe? Olha, já simpatizei muito com ele pela coragem de ter escrito o que escreveu e ter admitido tanta coisa. E nós bem sabemos que os homens não são disso e raramente admitem sentimentos. Força e coragem e não tenhas medo de ser feliz. Duvido que sejas tão emdricas como eu, mas ele já abriu o jogo contigo, já é meio caminho andado para não teres tanto medo. Bjinhos e conta comigo sempre que precisares!!!
De praia do camilo a 17 de Agosto de 2006 às 19:21
É bom demais para ser verdade??? porque pensas tu no fim, quando ainda estamos no inicio???porque razão teriámos de abdicar da amizade quando ela é a base de tudo e sabes bem que é das coisas que prezo mais. Todas as caracteristicas boas que te fui enumerando ao longo do tempo que nos conhecemos, eu acredito que não são de exclusividade para os amigos, se te tornas mais exigente como namorada isso quer apenas dizer que exiges ser tratada como Tu achas que deves ser trata e acho isso muito bem, devemos querer apenas o melhor para nós.
Nunca deixaria de ser tu amigo, sejam lá as circunstancias que forem. Sejam lá as decisões que tu tomes. Mas acredita numa coisa...não ando aqui a criar ilusões, apenas a consolidar certezas. Se tu precisas de tempo para me conhecer melhor, entendo perfeitamente. Até eu posso dizer isso.
Uma vez li " a vida é curta e por isso vive-a intensamente e tempo é sorte". E eu tenho a sorte de te ter conhecido, tenho a sorte de poder partilhar muitas coisas contigo e acima de tudo tenho a sorte de sermos Amigos. Poe os medos de lado, não vejas o lado mau das coisas (porque esse vai existir sempre), mas porque não pensar que iremos tentar ao maximo para minimizar essas situações. Porque não pensar em tudo de bom que podemos disfrutar como temos vindo a disfrutar? porque não pensar que afinal as coisas boas também podem acontecer, nomeadamente a ti e a mim.
Até te digo mais, conhecendo como eu te conheço. Se não te sentisses minimamente preparada, não me deixarias falar tanto, nem tu te aproximarias tanto. Falta-te segurança...e isso só com o tempo poderás ganhar essa confiança para avançar para um caminho diferente. E tempo e paciencia é coisa que não me falta. Porque sei que vai valer a pena.

Amigos para sempre...mas ainda não joguei a toalha ao chão.
De cristina marques a 17 de Agosto de 2006 às 15:38
è uma pena... esses muros s´´o existem para nos tornarmos cada vez mais solitárias - a vida só faz sentido quando vivida junto de outra vida! Eu também me isolei mas um ano depois decidi que nada tem de ser igual - se fosse eu não tinha nascido! O meu Pai falhou uma relação e teve coragem para tentar de novo - o resultado é ter envelhecido ao lado da minha mãe e me terem gerado para mal dos vossos pecados! Agora imagina se niguém tiver coragem de lutar pelo que começa a sentir ou de experimentar o que pode não ser igual a um passado pior mas tornar-se num futuro de sonho. E nenhum futuro são só rosas!!!! Todos têm espinhos. E eu gostava muito de ver os meus "amigos" bem! Abre as asas borboleta e voa... tem o mundo nas mãos e a vida a sorrir-te.
Um Beijinho

Vá, diz qualquer coisinha!

:.Queres falar com a gaja?

danni_mrls@hotmail.com

:.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31

:.Afinal quem é a gaja?

:.Últimos devaneios

:. Último episódio

:. Just think about it!

:. Portugal 3 - Hungria 0

:. Um abracinho

:. A euromilhas de distância

:. Dia de S. Nunca

:. A pedido de...

:. O fiel jardineiro

:. Pau que nasce torto...

:. There's no need to argue....

:.Já lá vai o tempo

:.tags

:. todas as tags

:.Outros vôos por onde me perco

:.Rapidinhas


:.De que andas à procura?