Quarta-feira, 26 de Julho de 2006

OPV

Estou a atravessar um dilema.

O ano lectivo chegou ao fim e eu sem ter feito um único exame do segundo semestre.
O meu boss achou que, com uma das engenheiras de férias, não lhe dava jeito que eu faltasse para fazer o único exame que lhe pedi para fazer na época normal. O mais caricato é que esse foi o dia menos produtivo deste estágio... enfim, ficar a coçar a micose foi preferível a ir fazer exame e poder ficar com menos uma disciplina para fazer em Setembro! A ajudar à festa, já fui informada que os exames que tiver antes de meados de Setembro terei de os fazer na época de trabalhador-estudante, em Dezembro (arriscando-me a deixar disciplinas por fazer, ou mesmo reprovar o ano), já que vou estar atarefadíssima a ajudar a ultimar pormenores para uma Feira Nacional que a entidade onde estagio esta a organizar (espero que haja lá tasquinhas, senão está tudo perdido!).

Já deu para perceber que está complicado continuar a fazer o curso como eu gostaria. Por se tratar de uma paixão antiga, algo que sinto que me corre nas veias, custa-me imenso pensar que um dia possa ter de desistir... não quero sequer ponderar essa hipótese!

Isto leva-me a pensar no verdadeiro motivo que me levou a aceitar este estágio.

Embora aborde uma temática que me agradou bastante no meu primeiro curso e a experiência profissional seja sempre bem-vinda, não foi certamente a paixão pela minha anterior formação académica me que trouxe a Tomar.

Já havia recusado uma proposta semelhante que surgiu um dia depois de ter sido admitida na Universidade de Coimbra. Para além de ser numa área que pouco me cativou enquanto aluna no Alentejo Profundo, recusei a proposta porque finalmente tinha conseguido alcançar um velho sonho que não ficara esquecido e tinha decidido que, apesar de já ter 28 anos, faria o curso como estudante a tempo inteiro. Para mim é importante assistir a todas as aulas, tirar os meus apontamentos, trocar ideias e opiniões com os meus pares, participar activamente nos trabalhos práticos e usufruir de tudo o que esta academia e a vida académica Coimbrã têm para oferecer... coisas que eu não poderia fazer como trabalhadora estudante.

Assim, o verdadeiro motivo que me levou a aceitar foi o facto de ter começado a ficar descapitalizada. A miséria que ganhava no meu part-time não dava nem para metade dos meus gastos em Coimbra... Com as finanças pessoais tão em baixo, até aquele primeiro estágio teria sido prontamente aceite.

Pensar nisto desmoraliza-me, porque não sei que fazer...

Como em tempos ouvi alguém dizer, quem vem para Coimbra não vem para tirar um curso, porque isso faz em qualquer instituição de ensino superior... vem sem dúvida para aprender lições de vida que o acompanharão ate ao fim.

A vida continuará a dar as voltas insanas que bem lhe aprouver... mas fica o sonho...

=======XXXXXXX=======

Deixando a frustração de lado, decidi arregaçar as mangas e aprender a ser interesseira. Não deve ser assim tão difícil e, em última análise, é tudo em prol de um motivo de importância maior... o financiamento do meu curso!

Assim, lanço aqui uma OPV (ou pensavam que só a frize podia?...). As propostas deverão ser entregues no espaço para comentários deste blog, da forma mais original possível para todos nos rirmos. Será entregue esta mui nobre façanha à melhor proposta.

Requisitos fundamentais:
- Ser inteligente
- Ter bastante sentido de humor
- Ter mais de 1,80m (este requisito poderá apresentar excepções)
- Ser de fácil trato, meigo compreensivo carinhoso...
- Ser lindo (tanto faz loiro ou moreno... mas se pudesse ser alto, entroncado, moreno e de olhos verdes, agradecia)
E finalmente (porque senão parece que estou a fazer casting para arranjar namorado), deverá ter uma conta bancária recheada (depois acertamos números).

O candidato vencedor terá direito a:
- Visitar-me uma vez por mês, excepto se for lindo de cortar a respiração. Nesse caso, deverá mudar-se de armas e bagagens para Coimbra.
- A minha eterna gratidão (duração máxima de 6 meses, de acordo com as taxas aplicáveis em vigor)
- Servir de cobaia em todos os trabalhos de investigação que assim o exijam
- A certeza de financiar um projecto com futuro

Ficam desde já avisados que não haverá favores sexuais em troca... esse tipo de favores fazia-os a minha bisavó ao meu bisavô e à conta da brincadeira teve 11 filhos! Eheheh

E pronto gajada, fico a aguardar...
(isto é o delírio! LOL)
publicado por Danni às 14:38
link do post | Vá, diz qualquer coisinha! | favorito
3 comentários:
De patrick a 2 de Agosto de 2006 às 00:21
opá...na vejas os erros. isto foi na base do minete, isto é, estava com os olhos em bico...lol...bjssss
De Patrick a 2 de Agosto de 2006 às 00:14
Carissima (€) Danni

Venho por este meio (intermete), lançar a minha proposta para a sua irrecusável e imperdivel OPV (oferta publica de vinho - espero que seja isso mesmo)

Primeiro no que diz respeito aos requisitos fundamentais:

- ser inteligente - apenas digos que pelo facto dos requisitos serem apenas fundamentais e não obrigatórios passo à frente ( e ai do filha da puta que copie o que eu acabo de atestar)

- ter bastante sentido de humor - bem se o " sentido" a que se refere é o do GPS, esse está todo fodido. no que diz respeito ao humor propriamente dito essse está apurado (a alcool) apenas falha quando estou armado....armado em parvo, pois está claro.

- ter mais de 1,80 - este requisito é preenchido na base da excepção faltam-me 2 cm. Mas estes 2 cm são compensado por outras capacidades linguisticas...diz-que :P

- Ser de fácil trato, meigo compreensivo carinhoso - (fodasse onde estão as virgulas desta merda??)...bem sou um fácil e isso é um dado adquirido, meigo...quem é que faz festas para adormeceres?? quem é?? se isso não é meiguice é aproveitamento, mas pronto foi o que me veio (aii veio...vir...ver...tudo tem a ver com o verbo olhar). compreensivo, bem no dia que não quiseres beber shoots comigo, eu até compreendo e eu bebo-os por ti. e ficam bem entregues. carinhoso - Já te disseram que és fixe hoje? :)

- Ser lindo (tanto faz loiro ou moreno... mas se pudesse ser alto, entroncado, moreno e de olhos verdes, agradecia)- pronto esta é que fode tudo, mas pronto sou alto ( menos 2 cm), entroncado (esta nem me atrevo a dizer nada) e os meus olhos ficam verdes quando expostos directamente à luz solar e quando se acaba a bebida em casa, mas isso é de raiva...:P

- conta bancária recheada - já perdi a conta dos bancos onde adormeci. é isso que estavas a referir-te certo?? :P bem digamos que dava para o que pretendes...diz-que.

Bem agora a proposta em si:

EU.

:)

Mas esta oferta ao ser aceita, implica o pagamento de uma franquia no valor de 10% do valor estimado para a conclusão do curso supra-citado. Bem como a obrigatóriedade de me levares a todos os bares "in" para controlar se o meu dinheiro está a ser bem investido...isto é, nas bebidas que eu achar que vale a pena beber.
De shootingstar a 26 de Julho de 2006 às 17:58
Bem, as tuas aventuras estão cada vez melhores. Se eu conhecer um candidato à altura, eu mando-to!!! Boa selecção de candidatos!!!

Vá, diz qualquer coisinha!

:.Queres falar com a gaja?

danni_mrls@hotmail.com

:.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31

:.Afinal quem é a gaja?

:.Últimos devaneios

:. Último episódio

:. Just think about it!

:. Portugal 3 - Hungria 0

:. Um abracinho

:. A euromilhas de distância

:. Dia de S. Nunca

:. A pedido de...

:. O fiel jardineiro

:. Pau que nasce torto...

:. There's no need to argue....

:.Já lá vai o tempo

:.tags

:. todas as tags

:.Outros vôos por onde me perco

:.Rapidinhas


:.De que andas à procura?