Quinta-feira, 4 de Maio de 2006

Latada - The post (finalmente!)

Já se impunha um post sobre a latada. Não porque a minha veia inspiradora esteja no auge, mas porque hoje mesmo começa a semana da Queima das Fitas. Tem mesmo de ser! Não posso adiar mais!

Decorreu de 20 a 25 de Outubro de 2005… mas recuemos até ao dia 18… é ai que tudo começa.

TAKE 1
Em virtude do meu curso não ter praxe em condições, a minha irmã acabou por me arranjar madrinha no seu curso. Neste dia houve Peddy-Tascas e à noite jantar de caloiras e doutoras do curso da minha madrinha. Para o primeiro não arranjei equipa… menos uma buba… mas no jantar foram tantos penaltys, que aquilo mais parecia um jogo de futebol em momentos decisivos. Claro que a vitória esteve do lado de lá… ganhou o Gregory (pois… era uma equipa inglesa). Deixei a minha primeira cabra conimbricense a pastar num beco próximo do restaurante… Foi deveras emocionante, como devem calcular! Eheheh. Como fiquei K.O. relativamente cedo e estive vai-não-vai para adormecer no sofá do CEC, na AAC, a minha irmã levou-me a casa e foi bombar sem mim. Não estava em muito melhor estado do que eu, mas tinha a vantagem de não ter sono ;-) . Acordo às 8 da manha completamente vestida e com as minhas Doc calçadas (a minha irmã nem teve assim tanto trabalho… foi só chegar à porta de casa e “despejar-me” lá!) e tratei logo de fazer um trabalho prático para entregar daí a 2 horas. Era um ponto de bónus que não se podia desperdiçar… e que me fez ter 19 naquela disciplina… pois, não se podia mesmo desperdiçar!

TAKE 2
Dia 20
00horas. Dá-se início à Festa das Latas e Imposição de Insígnias, mais conhecida por Latada, com a Serenata ao caloiro. Este ano foi na Sé Nova. Eu gosto imenso de Fado de Coimbra. Foi lindo. Só foi pena haver quem lá vá só por ir e não respeite quem quer mesmo apreciar o momento. Havia demasiados grupinhos em amena cavaqueira… enfim, falta de bom senso!

Logo no fim da Serenata fomos para o convívio organizado pela AAC no Pátio das Químicas. Esteve do best! Mal tinhamos chegado, encontrei um amigo Veterano que me perguntou se já estava melhor... "Tu não me digas que também me viste ontem"... A resposta não se fez esperar... "Se te vi ontem?? Fui eu que te abri a porta do CEC!!!". Pois, então deve ser porque me viu...

Cada vez mais me convenço que beleza não me faltou nessa noite de 3ª feira. Todos me disseram "'Tavas linda!!" É porque estava!!! eheheh

Também lá encontrei um colega do curso da minha irmã que me tinha sido apresentado dias antes. Eu tinha decidido investir nos mais novos e ele nas mais velhas… estava tudo dito! Eheheh. Estivemos sentados nas Monumentais a conversar até bem depois do convívio ter terminado. Ainda fomos tomar pequeno-almoço a um café da Sá da Bandeira antes de ir dormir e ficamos séculos a conversar sentados ao pé de casa. Ainda bem que era eu é quem tinha a capa dele. Estava um friozinho nessa noite…


22horas. Sarau Académico. Gostei imenso. Tunas, Grupos de Cordas, Fado de Coimbra… Foi uma noite completamente cultural e gostei imenso. Fiquei a conhecer o que de bom se faz nas várias secções da AAC.

De ressaltar a vista das bancadas do Pavilhão Universitário. Tudo bem que a táctica utilizada não era a melhor, como fiz questão de referir, mas a do morango foi gira e mereceu recompensa. Não perceberam, certo? Pois… esqueçam!

Dia 21
Wray Gun, Orishas e Tuna de Medicina

Não sou grande fã mas, como tinha comprado bilhete geral, senti-me na obrigação de ir todas as noites! Eheheh.

Quanto à Tuna de medicina, o rapaz das bongas (ou lá como se chame tal instrumento) fascinou-me. Aquele toque tao ágil só poderá escolher a especialidade de ginecologia... digo eu, não sei... Por outro lado, um dos pandeiretas (o dos cabelos aos caracois) despertou em mim uma P desagradável. O moço tem um ar sebento, mas não no sentido de sujo e sim de ordinário. Cá pra mim também escolherá ginecologia, mas por motivos menos nobres, como devem calcular... (Danni, tu hoje estás cáustica!!)

Dia 22
Bunny Ranch, Skin e Estudantina

Gostei imenso desta noite. O concerto da Skin foi do best. Eu e a minha irmã a curtirmos o som cá ao fundo, num espaço menos congestionado do que à frente, com um copo de Licor Beirão na mão… “I hope you’re feeling happy now”… O pavilhão ficou ao rubro! “Just because you feel good…” nem se conseguia ouvir a voz dela. Para mim foi, definitivamente, o momento alto deste concerto.

Aproveito para fazer um aparte. Nunca tinha visto a Skin ao vivo. Muito alta, muito magra, com ar marado, pintada de preto por baixo dos olhos e com aquele estilo muito próprio de vestir… Se a encontrasse sem querer à noite num beco escuro, dava-lhe tudo sem ela me pedir… telemóvel, dinheiro, cueca tanga…

Segue-se a actuação da Estudantina, que me fez sonhar... Sobretudo o rapaz do cavaquinho, embora tivesse ar um pouco sisudo! eheheh. Foi bom recordar músicas já minhas velhas conhecias, de tempos em que ainda nem fazia parte desta grande Academia.

Dia 23
Mão Morta, Moonspell e In Vino Veritas

Por incrível que vos possa parecer, até curti o género… que não é de todo o meu género! Mas com um copo de Beirão na mão tudo me sabe melhor! Aliás houve uma altura da noite em que dei por mim a pensar que, se me conseguisse abstrair da voz (?!) do vocalista, a música até era montes de fixe!

A malta da In Vino, para nao variar muito, foi actuar etilicamente bem abastecida!

Dia 24
Squeeze Theeze Pleeze, Xutos e Pontapés e Fan-Farra

Squeeze… pessoal dos meus lados! Hi, hello!... Quem não sabe a letra? Pode não ficar lá muito bem em português, mas em inglês até o non sense vende! Esta definitivamente fica no ouvido!

Xutos… sempre iguais a si mesmos! Tocaram bastantes músicas novas, mas foram as velhinhas que deixaram o Pavilhão ao rubro. Braços no ar, todos sabíamos as letras. Noite muito fixe!

Fan-Farra... deve ter sido baril... digo eu. A sério, pessoal da Fan-Farra desculpai-me mas não me lembro do vosso concerto. Ah, pois... já sei porquê! Tinha ido com a minha irmã para o backstage...agora adivinhem lá como arranjamos as pulseirinas para lá poder ir... é só conhecimentos importantes!


Dia 25
18:15h. Rio Mondego. A minha madrinha brindou-me com uma sempre refrescante penicada bem cheia de água do Mondego, dando assim início à minha condição de caloira desta Academia. Aqui em Coimbra não é habitual ter nome de caloiro, mas eu tive direito a um, juntamente com as doutas palavras do baptismo... Pastellis Natis… é da praxe que seja em latim macarrónico! Agora digam lá se haveria nome mais adequado. Sem dúvidas que a minha fama me precede! Eheheh. O resto da tarde estive no Cortejo a acompanhar o electromobil… há lá carro mai lindo? Of course not!!! À noite, após o meu duche, estava o pessoal do dito móbil à minha espera no jardim atrás do Cartola… então mas eu fui vestir roupa lavada para me deitar na relva? Pronto, lá terá de ser! Deitei-me numa das capas e encostei-me ao dono, não sem antes informar que era por causa do frio, nada de confusões… emprestou-me logo a batina para servir de cobertor. Ainda dizem que não há cavalheiros! Ali estávamos 5 marmanjos deitados sob o cogumelo gigante. Dois curtiam o saldo da sangria manhosa que beberam no Cortejo, dois tentavam dormir (eu sou um desses dois… até “vesti” os óculos de sol para disfarçar), enquanto outro contava anedotas secas… eu tinha que me rir mesmo que não quisesse, tais eram as bacoradas da malta! Após isto tudo… lembram-se do moço de quem falei no dia 20? Pois… esteve que tempos a dar uma lição de moral a mim e a minha irmã… e com alguma razão, a meu ver!

22h. Noite Popular com Meidin, Quim Barreiros e Orxestra Pitagórica

Deitar tarde todas as noites e mesmo assim ir a todas as aulas tem que se lhe diga… mas não ia deixar de “picar o ponto” no recinto a última noite!

O senhor Quim Barreiros consegue sem dúvida mobilizar esta massa estudantil. Estes cérebros alcoolizados sabem as letras todinhas! ;-)

Quanto à Pitagórica... estiveram do best! Curti-os à brava! Irreverência ao extremo, letras completamente loucas e originais, instrumentos inimagináveis (sanita, sinais de transito, garrafas, autoclismo...) tocados com alma e mestria. Eheheh.
Antes da actuação andaram a distribuir os panfletos da série da Latada: os Morangos com Bagaço! Imaginem a música d"Os 3 Moscãoteiros"... Era uma ves os três/perdi-os numa Latada/no meu ano de caloira/e não me lembro nada...
Acho que nem vos consigo transmitir completamente a loucura que foi. Sabem que mais? Vejam uma actuação deles e digam de vossa justiça!



De salientar o facto de me deitar todas as noites a passar das 7 da manhã e ir a todas as aulas, independentemente da hora… confesso que para algumas andei na força da cafeína, mas estava lá de olhos abertos e a tirar apontamentos. Para além disso estive todos esses dias sóbria… não abstémia, mas sóbria! Cá pra nós, que ninguém nos ouve, já bastava a figurinha que fiz no dia 18, não acham?

E pronto… missão cumprida!!!
publicado por Danni às 12:12
link do post | Vá, diz qualquer coisinha! | favorito
9 comentários:
De nuno a 15 de Maio de 2006 às 18:17
k dizer... apesar de isto ja parecer ter ocorrido ha SECULOS, temos boas mnemorias daqueles dias!!! e o k nos gozamos k o sebento ginecologista, lembras-te??? e a mulher da bonga e o homem dos congos... foi do best!!! kiss
De Squeezy a 13 de Maio de 2006 às 15:00
como seria de esperar foi sempre a rasgar não foi? gostei desta tua descrição...lol... sempre com aquele teu sentido de humor
De Loba das Estepes a 12 de Maio de 2006 às 20:24
Querida sócia do clube qq coisa dos biofes. Agora falham-me a memória, fui submetida a uma intervenção cirúrgica, juro!
Fico feliz por te ver em grnade, sempre em cima do acontecimento, e de língua afiada, como sempre!
Eheheeh, arrasa o mundo mulher!!!!
Um ganda beijo Pastelis Natis!
De Elsita a 10 de Maio de 2006 às 21:33
Mai nada ...histórias para mais tarde recordar; nunca mais voltam essas! Aproveita-as bem!Continua fresca s.f.f. Beijócas e tudo bom, sempre a bombar!
De Zuco a 9 de Maio de 2006 às 11:00
Cara Pastelis Natis, muito boa descrição da latada e do espirito de Coimbra.

Onde é que eu já vi o recurso a Takes?... ;-D

Ps: Tu andas de cueca e tanga? Muuuuuito á frente!
De Danni a 5 de Maio de 2006 às 18:56
P/ DONA URRACA: Este texto era sobre a Latada... A Queima começou esta noite às 00h, com a mítica Serenata Monumental... Estou a contar com ir todas as noites... e nem a garraida vai escapar! Obrigada pela visita!! Jinhos
De Danni a 5 de Maio de 2006 às 18:52
P/ CLÁSSICO: Obrigada pela tua visita e pelo elogio... é como tu dizes, hoje em dia a sinceridade nao abunda, por isso também tu fazes a diferença... Espero ver-te na Queima. Se nao tiveres companhia... tou a contar lá ir todas as noites! Jinhos
De dona urraca a 4 de Maio de 2006 às 19:41
Mas que Queima tão diferente da minha...já lá vão 54 anos...e á garraiada,não foi??? Mas como vê ando aqui a surfar na Net...Boa noite e Boa sorte!
De Clssico a 4 de Maio de 2006 às 19:29
Olá borboleta / danni, apesar de só agora saber que tinhas um blog já dei uma vista de olhos nos teus "pensamentos partilhados" e.... parabéns. Parabéns pela sinseridade e pela pessoa que és. Conhecer-te pessoalmente e ler o que escreves é muito mais abrangente... Sinseramente... mereces tudo de bom. "Se não tens tudo o que amas, ama tudo o que tens". Bj e boa queima

Vá, diz qualquer coisinha!

:.Queres falar com a gaja?

danni_mrls@hotmail.com

:.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31

:.Afinal quem é a gaja?

:.Últimos devaneios

:. Último episódio

:. Just think about it!

:. Portugal 3 - Hungria 0

:. Um abracinho

:. A euromilhas de distância

:. Dia de S. Nunca

:. A pedido de...

:. O fiel jardineiro

:. Pau que nasce torto...

:. There's no need to argue....

:.Já lá vai o tempo

:.tags

:. todas as tags

:.Outros vôos por onde me perco

:.Rapidinhas


:.De que andas à procura?